Prefeitura dialoga sobre questões ambientais

          O NEA – Núcleo de Educação Ambiental, por meio da Secretaria Municipal de Educação e em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável, lançou na manhã de hoje, o projeto “O Lixo Nosso de Cada Dia”.

          Com o tema Morro do Chapéu 2030, o projeto será implantado em todas as unidades escolares da Rede Municipal de Morro do Chapéu, no período de 14 de maio a 07 de agosto deste ano.  E tem como um dos principais objetivos promover a participação cidadã ativa na sociedade, buscando abranger todas as formas de participação, política, social, cultural, ou econômica, bem como a combinação entre elas.

          Além de compreender o conceito de desenvolvimento sustentável e seus benefícios para nossa sociedade, o projeto O Lixo Nosso de Cada Dia, visa tratar de uma situação que afeta toda a comunidade escolar. Dessa forma, professores, coordenadores, alunos e familiares participam em coletividade e se tornam defensores do meio ambiente.

          Na prática, toda a equipe escolar envolvida deverá identificar locais na comunidade que o lixo é descartado de maneira irresponsável; criar mecanismos para que os alunos possam colaborar com o depósito do lixo e também entender e ajudar na organização do lixo escolar.  “A partir de todas essas ações incorporadas, o projeto terá maior consolidação”, afirma Taise Barreto, secretária de educação.

          Durante o lançamento do projeto, Taise também disse que, de modo geral, “vive essa preocupação constante em relação ao descarte do lixo em locais inapropriados no município”, e que, juntamente com os professore da área de meio ambiente, está trabalhando essa questão para que a comunidade escolar comece a ter maior conscientização e educação ambiental.

          Já o secretário de meio ambiente, Roque Galeão, fez uma análise das questões ambientais mais específicas do município e apontou algumas medidas que a secretaria vem tomando para solucionar essas demandas, tanto na sede quanto na zona rural. Ele também se colocou à disposição dos professores para o desenvolvimento do projeto e ressaltou que, “a gente precisa qualificar as demandas em análises, em projetos, até para o prefeito melhor tomar decisões”.

          É importante lembrar, ainda, que Morro do Chapéu aderiu aos ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis, seguindo orientação da ONU. Neste sentido, as metas do ODS 12, por exemplo, visam à promoção da eficiência do uso de recursos energéticos e naturais, da infraestrutura sustentável e do acesso a serviços básicos.

          Sendo assim, e com o objetivo de promover a sensibilização e orientação para a prática de produção e de consumos sustentáveis, a Secretaria Municipal de Educação, utiliza essas metas em projetos educacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *